quinta-feira, 26 de julho de 2018

A corrida em direção ao *Poder*



Às vezes sem entender muito, e sem se importar em entender o jogo da *política partidária*, o povo sabe que, as promessas de campanha política, feitas com discursos bonitos, e em palanques que impressionam, nunca serão cumpridas, pelo simples fato dos eleitos não quererem cumprir.

O termo *Simples*, que aqui uso (simples fato), para explicar à maneira do povo, porque os eleitos não cumprem o que prometem em palanques, é apenas uma   forma de me expressar. Na realidade, o jogo   de interesses, por parte de grupo que forma a cúpula da gestão, impede que sejam atendidas as necessidades básicas do povo, que aliás é usado apenas como massa de manobra.

Não fomos educados para entender o *jogo*. Falo do ''jogo político''. E até que já fez parte de nossa educação formal, digo, da educação em salas de aulas, aqui no  Brasil, uma disciplina denominada O.S.P.B - Organização Social e Política Brasileira, que ensinava de uma forma interessante, mas diferente da mostrada na realidade, algo sobre a política partidária.

De forma, que a gente aprende mesmo é no dia a dia, nas *campanhas de ruas*, nos comícios, ou mesmo nos programas humorísticos da televisão, que retratam de forma engraçada, o que na vida real faz muito mal ao povo.

E assim, enquanto eu, você e eles... enquanto nos prestarmos ao papel de ''pobres coitados'', ou de necessitados, satisfeitos com um emprego, ou ainda, aceitando ser bonecos marionetes, nas mãos de poderosos, nossos discursos serão apenas discursos... vencidos, ultrapassados e sem eco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário