domingo, 26 de agosto de 2018

Uma Arma em Casa Resolve


Uma arma em casa, o direito para reagir ao assalto, o direito de matar, e finalmente, o direito de ser ''o dono da lei''.

Que bom, senhores (as)! Usar uma arma é agora, a solução para os problemas de um sociedade vítima de bandidos. 

Há tanto tempo que a humanidade procura uma solução para a onda de crimes, que assola a humanidade. Até que em fim, apareceu.

Vieram Tantos filósofos, tantos líderes: políticos, religiosos, tantas leis e tanto esforço para resolver a questão do crime do mundo! Veio por exemplo, o Sidarta Gautama,  o príncipe Buda, que viveu no século VI a C. Que deu início a uma religião, ou doutrina de vida, em busca ao ''Despertar'', ou ''caminho da iluminação''. Hoje sua doutrina  tem aproximadamente 500 milhões de seguidores.  Pois é, Buda não encontrou a solução.         Veio Jesus Cristo, cujos seguidores chega a aproximadamente 2 bilhões. Jesus Cristo não acabou com o problema. Veio Maomé, que nasceu no ano 560 e viveu e viveu 62 anos. Sua religião, que é o Islamismo, tem aproximadamente 1, 2 bilhão de seguidores.  Maomé não resolveu o problema.

Pois é, senhores (as), finalmente apareceu a solução: O candidato a presidente, Jair Bolsonaro encontrou a solução: Armar todo mundo! Genial mesmo. 

Na política partidária não é novidade aparecer quem vai ''resolver tudo''. Agora, senhores (as): Num mundo evoluído, onde todos têm alcance às mais variadas informações, dá para acreditar que tem alguém que acredita que, depois da breve explanação feita acima, vai resolver? E porque ninguém no mundo resolveu. 

Diante da realidade que o mundo vive, podemos perceber que o problema não está no candidato, mas no povo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário