quinta-feira, 16 de maio de 2019


E se continuar como está, encarará o impeachment, ''e não ficará sozinho'', inclusive passará na frente de Collo de Melo, que ficou 2 anos, e era menos arrogante. 

Só precisa ser entendido, que, ''idiotas, imbecis e alienados são todos aqueles que acompanham os políticos, em suas campanhas, para ajudá-los a chegar ao poder. Só que, chegando ao poder, aqueles mesmos que alienaram o povo reconhecem-no como verdadeiro ''idiota, imbecil e alienado''. Quem tem pretensões de chegar ao poder é bom evitar chamar o povo de alienado.

Pedir para te deixar ser enganado (a), é teu direito, o que o povo não aceita é fazer parte do teu grupo. Te isola e vive tua vida. 

Ninguém tem o direito de te impedir de gostares do que quer que seja, desde que cumpra o principal dever: respeitar 

Se você realmente acredita que precisa impor medo para ser respeitado, nunca o será. O respeito te fará ser amado, mas, o medo te atrairá o ódio! 

Se, dentre os que criticam o Lula, por ele ter apenas o primário, tiver alguém que consiga apenas 10% da popularidade que ele tem, não precisa perder tempo em criticá-lo, apenas se candidate a um cargo público. Seja um senador, um deputado, um prefeito etc. De que serve criticar, quem ainda adolescente saiu do Pernambuco '''para não morrer e fome'',que chegou em São Paulo, fez um curso de torneiro mecânico, arrumou um emprego em uma metalúrgica, se tornou o maior líder do ABC paulista e da América Latina. Ainda durante o governo de João Figueiredo (1980) fundou o partido dos Trabalhadores, Foi eleito em 1986 deputado federal pelo Estado de São Paulo, se candidatou a presidente da república em 1989, contra Fernando Collor de Melo (recebeu 30 milhões de votos contra 35 de Collo de Melo, se candidatou contra Fernando Henrique e perdeu, se candidatou novamente contra Fernando Henrique e perdeu, se candidatou contra José Serra e ganhou, se candidatou contra Geraldo Alckmin e ganhou, candidatou Dilma e ela ganhou e de novo candidatou Dilma e ela ganhou. Aí, os poderosos contra, percebendo que ele seria mais uma vez eleito, prederam-no. Então, Lula indicou um candidato...que pontuava 4% e o colocou no segundo turno em 2018.

Lula foi condenado por duas vezes, e nunca o deixaram sequer dar uma entrevista. Até que, um ano depois conseguiu o direito de dar entrevista. E lá ele disse: Não troco minha dignidade por minha liberdade.

Você, que tem certeza que ele é o ''maior bandido'' deste país, tenha apenas 10% da popularidade dele, e galgará o caminho dos grandes Líderes deste país.

Quando a gente não pode resolver, ou melhor, colocar tudo do jeito que gente gostaria, o melhor caminho, acredito, é respeitar. Nas diferencias a gente também se sobressai.

eremias Santos E mais uma vez se revelou o lixo que é, quando chamou o povo que representa, de idiota e imbecil 


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário