sexta-feira, 17 de maio de 2019

O erro do meu atual governo pode ser justificado pelos ''erros'' dos anteriores?



Para as ''torcidas'', pode até ser que os ''discursos'' resolvam tudo. E para o desenvolvimento de um povo...? Funciona? Vamos pensar.

Nós, assim como os nossos ''ilustres representantes'', usamos com muita facilidade, os muitos argumentos para justificar os erros dos nossos ''políticos'', desde que a gente participe. E assim, fica mais fácil, quem sabe, aceitar as atrocidades dos governantes, que aliás, aplaudem a ''briga'' por eles orquestradas. Eles jogam a ''bomba'' e assistem de longe a briga, de visinhos, de amigos... e de parentes.

Eles fazem que brigam, e povo briga de verdade. E, se por acaso alguém começa a sobressair, de forma que eventualmente possa dar frutos, para o povo, logo um ''esperto'' atenta para a questão. 

Quanto maiores forem as evidências de ''crimes'' do governo passado, não seria também maior a responsabilidade que o atual tem, de fazer valer a ''honestidde'' pregada na campanha? Mas, ao invés disso, se usa muitas ''conversas fiadas'', como por exemplo: Não houve corte, houve ''contingenciamento''. Ou ainda: ''Querem me atingir? Venham pra cima de mim''. E a gente vai continuar aceitando, porque, ao invés de nos organizarmos, brigamos. E juntos marchamos para a miséria que construimos.




Nenhum comentário:

Postar um comentário